segunda-feira, 15 de dezembro de 2008

_labirinto.

Entre meus pulsos, perdi aquilo que já tinha sido em vão.

Desde o início. Um grande vão. Uma lacuna que talvez jamais tivesse existido, mas que em minhas entranhas se tornou um grande labirinto sem saída.

Um comentário:

]Lírica[ disse...

teamo infinitamente maissssssssss +++++++++

beijos amore